Buscar

Flagrado retirando argila irregularmente é multado em R$ 3 mil

Material era usado em olaria

Depois de receber denúncias de degradação de nascentes de área de preservação permanente, agentes da PMA (Polícia Militar Ambiental), autuaram o proprietário de uma olaria, localizada em Rio Brilhante, distante 151 quilômetros da Capital. O empresário foi multado em R$ 3 mil.

De acordo com informações policiais, o homem, de 33 anos, retirava argila para a olaria de uma área com 2 hectares. Por causa da retirada, dois olhos d´água da propriedade foram destruídos.

O autuado possuía autorização ambiental para o funcionamento da olaria, mas não poderia retirar argila do local de área protegida. As atividades foram interditadas e além da multa, ele responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.