Buscar

Namorado que confessou morte de empresária em MS tinha ficha criminal

Dona de restaurante em Bonito (MS) foi morta a facadas após discussão.Suspeito tem passagens por lesão corporal, ameaça e violência doméstica

O homem de 30 anos, que confessou ter matado a empresária de 52 anos a facadas em Bonito (MS), tinha extensa ficha criminal, segundo divulgado pela Polícia Civil. Ele era namorado da vítima e, antes de ser indiciado por feminicídio, na segunda-feira (15), o homem já tinha pelo menos nove passagens policiais.

Nos antecedentes criminais estão registros de lesões corporais, perturbação do sossego, danos materiais, lesões corporais recíprocas, vias de fato, violação de domicílio, ameaça e violência doméstica. No último dia 10 de fevereiro, ele se desentendeu com a família da empresária e trocou agressões físicas com os filhos dela. Quando foi preso, ele estava com um hematoma no olho esquerdo, provocado durante a briga.

A família da empresária relatou que o relacionamento do casal era conturbado e que temia morte passional por conta do histórico de brigas.

O suspeito foi localizado pela polícia horas depois da empresária ter sido encontrada morta pelo filho, na manhã de segunda-feira (15). A mulher estava caída nos fundos do restaurante que era dona, com vários ferimentos pelo corpo e uma faca cravada no peito, segundo a Polícia Civil.

O namorado foi indiciado pelo crime de feminicídio, cuja pena varia de 12 a 30 anos de prisão, e continua preso na Delegacia de Polícia, à disposição da Justiça local.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.