Buscar

Queda de energia em parte da região central prejudica o comércio

Produção ficou parada na loja de lembrancinhas

Sem luz na agência, caixas eletrônicos foram alternativa para pagar contas (Foto: Kemila Pellin)

Parte da região central de Campo Grande ficou sem energia durante a tarde desta quinta-feira (10). Foram pelo menos 30 minutos sem luz, mas como tempo é dinheiro, a comerciante Mariana Di Georgia, de 31 anos, destacou que já estava cogitando a hipótese de levar o maquinário e as funcionárias para sua casa, para não parar a produção

Ela é dona de uma loja de lembranças, na Rua Rio Grande do Sul e explicou que a queda de energia prejudicou diretamente seu comércio, porque além de atender os clientes no escuro e no calor, parou a produção das artigos. “Nós trabalhamos muito com encomendas e estamos cheias de produtos para entregar. Não dá para perder tempo, porque se não, não conseguimos cumprir com os prazos”, disse.

Já na agência bancária, que fica na esquina da Rua Rio Grande do Sul com Avenida Afonso Pena, os clientes foram todos embora. Apenas os caixas eletrônicos estavam funcionando, devido ao gerador de energia, o que gerou a formação de filas.

O trânsito também ficou confuso, já que parte dos semáforos ficaram deligados. A causa do problema ainda não foi divulgada pela Energisa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.