Buscar

Sonda voltará a caçar planetas

A missão Kepler e K2 é uma das mais fascinantes da Nasa. Seu objetivo é descobrir planetas na Via Láctea similares à Terra e com possibilidade de abrigar alguma forma de vida. São os chamados exoplanetas, que são planetas localizados fora do Sistema Solar, similares à Terra em tamanho ou menores e situados nas chamadas zonas habitáveis em relação às estrelas que orbitam.

Uma das espaçonaves do projeto, a Kepler, entretanto, sofreu problemas de funcionamento nas últimas semanas, mas já está restabelecida e voltará a caçar exoplanetas na Via Láctea.

A Nasa informou no domingo (10) que seus engenheiros corrijiram os problemas de funcionamento da sonda Kepler que estavam no Modo de Emergência (EM). A sonda alcançou, então, a estabilidade, com a antena de comunicação voltada para a Terra, para permitir que os dados de telemetria e evento histórico sejam enviados à Nasa. A sonda está operando em seu nível mais baixo de consumo de combustível. Assim, a missão superou o estado de emergência da sonda, que passoou a comunicar-se normalmente com a Rede do Espaço Profundo (Deep Space Network) de comunicações terrestres.

A missão cancelou a emergência nave espacial, retornando as comunicações terrestres a programação normal. Mas a equipe de cientistas deverá avaliar ainda todos os sistemas de bordo para garantir o pleno funcionamento da espaçonave. Essa verificação geral deverá continuar durante esta semana .

Até ontem, 12 de abril de 2016, a sonda Kepler já confirmou a existência de 1.041 exoplanetas, de um total de 4.696

candidatos, e 12 pequenos planetas situados na zona habitável. Já a sonda K2 descobriu mais 270 candidatos e confirmou a existência de 39 exoplanetas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.