Buscar

Vendas de materiais de construção aumentam 10,7% em março

Pesquisa também identificou queda no saldo de emprego

As vendas das indústrias de materiais de construção aumentaram em todo o país 10,7% em março sobre fevereiro último. No entanto, se comparadas a março do ano passado, houve recuo de 17%. Os segmentos que fornecem itens para a base de construção registraram crescimento de 11,8%, superando o índice de vendas do setor de acabamentos que indicou alta de 9%.

Os dados, divulgados hoje (8), são da Associação Brasileira da Indústria dos Materiais de Construção (Abramat). Segundo a entidade, o nível de emprego no terceiro mês do ano ficou praticamente estável, com variação de 0,2%. Sobre o março de 2015, houve queda de 9,3% no saldo entre contratações e demissões.

Por meio de nota, o presidente da Abramat, Walter Cover, manifestou a expectativa de um bom resultado das vendas em abril . “É de se esperar que, a partir de abril, possamos ter um crescimento sobre o mesmo mês do ano anterior”, disse ele. Frisou que essa retomada sobre 2015 deve ser favorecida pela ampliação de crédito para o financiamento de imóveis usados, anunciada recentemente pela Caixa Econômica Federal.

No entanto, foi mantida a projeção da Abramat de uma queda de 4,5% nas vendas ao longo de 2016. Cover adverte que, para reverter essa previsão, seria necessário que o governo federal adotasse medidas de incentivo à construção com linhas de financiamento para reforma e  aquisição da casa própria pelo Programa Minha Casa, Minha Vida e, ainda medidas, que possibilitassem maior rapidez nos leilões de infraestrutura.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.