Buscar

Visitante de instituto penal é flagrada tentando entrar com chip escondico em papel higiênico

Sete chips de celular deveriam ser entregues a interna

Agentes penitenciárias do Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi” (EPFIIZ) flagraram, no início da tarde desta quarta-feira (2), durante revista de pertences destinados às internas, visitante com sete chips de celular escondidos em um rolo de papel higiênico.

Mariana Pereira da Silva, tia da interna Beatriz Fernanda Pereira Além, portava os chips. Além de ter a carteira de visitante retida, a mulher foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil.

Para o diretor presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, a ação é rotineira e visa impedir o uso pelos internos de equipamentos e substâncias proibidas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.