Buscar

Bombeiros procuram por arma de assaltantes envolvidos em troca de tiros

(Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado)

Os assaltantes suspeitos de terem cometido série de roubos e que se envolveram em troca de tiros com policiais na madrugada de hoje (8), em Campo Grande, foram identificados como Lucas Figueiredo, 21 anos, e Everton Silva dos Santos, 27. Os nomes foram divulgados pela delegada Ana Paula Trindade, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro, onde o caso foi registrado. O episódio ocorreu perto de um shopping, na Avenida Ernesto Geisel, onde bombeiros fizeram buscas, mas não encontraram a arma que a dupla portava.

Conforme informações da autoridade policial, os criminosos já eram foragidos da Justiça. Ambos tinham passagens por furto, roubo e ameaça. Segundo a delegada, a vítima do último roubo procurou a Polícia Civil com a localização de onde os criminosos estavam, já que havia rastreado pelo sistema do celular levado no crime, e, na chega dos investigadores, policiais militares já os perseguiam.

De acordo com informações da 5ª Companhia de Polícia Militar, da região central de Campo Grande, equipe do moto-patrulhamento atuava pela avenida quando, na esquina com a Rua Antônio Maria Coelho, deparou-se com os assaltantes em uma Titan, em atitude suspeita. No momento em que seria feita abordagem, eles fugiram em alta velocidade.

Houve perseguição e alguns metros depois o condutor da moto bateu no guard rail da via pública. Lucas pulou no córrego para fugir e Erverton correu. No entanto, ambos foram presos. Eles passam por avaliação médica na Santa Casa. Depois de serem liberados, ficarão à disposição da Justiça. 

Com os assaltantes foram apreendidas munições de calibre nove milímetros e a arma eles disseram que jogaram no córrego. Bombeiros fizeram buscas pela manhã, mas não a localizaram. Segundo a polícia, a dupla é suspeita de ter cometido arrastão na região oeste da cidade que compreende bairros como o União, Taveirópolis e Jardim Aeroporto. A identificação dos criminosos ainda não foi divulgada.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.