Buscar

Sanesul inicia entrega de mais de 500 mil das cartilhas para combate ao Aedes aegypt em MS

Como instituição parceira das ações do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul no combate ao mosquito Aedes aegypt, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya, a Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) deu início às entregas de mais 500 mil cartilhas contendo informações sobre como eliminar os focos do mosquito, mitos e verdades sobre os hábitos do Aedes aegypt, entre outras informações.

“A Sanesul trabalha em prol da saúde e qualidade de vida da população, portanto é fundamental que seja parceira do Governo do Estado nesta grande campanha de combate ao mosquito. As cartilhas estão sendo entregues junto com as contas de água e esgoto em cada uma das residências e unidades consumidoras atendidas pela Sanesul e a previsão é de que até o final de fevereiro os leituristas finalizem as entregas”, destacou o presidente Luiz Rocha.

Em Ponta Porã, por exemplo, já foram entregues 25 mil cartilhas. Segundo o gerente regional da Sanesul Marcio Cruz, a população gostou bastante do material. “A distribuição está sendo positiva, pois traz diversas explicações, e pelo fato de estar havendo uma epidemia isso ajuda na conscientização das pessoas sobre a importância de combater o mosquito”.

Para o secretário de saúde de Ladário, Cleber Colleone, “a linguagem da cartilha é direta e explica de forma simples para a população como eliminar o mosquito e seus focos. Nos ajudou muito esta ação da Sanesul aqui em Ladário. Queremos continuar com a parceria”, destacou.

A professora Maria Leuda Oliveira Ferreira, moradora de Coxim e que já recebeu a cartilha em sua residência, considera a divulgação das informações sobre o Aedes aegypt uma maneira de conscientizar a sociedade sobre a epidemia do mosquito. “É importante e válido esse trabalho, onde todos têm que cuidar e não ficar só esperando”.

Já a dona de casa Donizete Aparecida, de Naviraí, elogiou o conteúdo da cartilha. “É uma coisa boa, porque traz orientações do que fazer. A cartilha foi muito bem bolada, e podemos passar para as crianças”.

Somando esforços com diversas instituições parceiras da campanha do Governo do Estado, o objetivo é vencer a “guerra” contra o mosquito.

Iago Porfírio, da Assessoria de Comunicação da Sanesul.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.